Hoje eu estou pensativa, mais do que ontem, mais do que sábado.

Estou cansada por ter dormido pouco, mas acho que não é só por isso. Lembra quando te falei de ressaca emocional? Após um evento muito emocionante, fico depois sensível, sentindo que algo foi tocado. Estou me sentindo um pouco assim, mas de uma maneira menos emocional.

Não estou igual as outras vezes, estou mais… não sei muito bem o que pode expressar o que estou sentindo, nem eu estou entendendo muito bem. Mas é como se eu não estivesse sentindo, não estou com aquela dor no peito, aquela raiva, ou algo assim. Acho que estou processando ainda.

Eu amo estar com você, tanto que eu esqueço ou pelo menos alivia o meu sentimento sobre o que aconteceu. Só que quando estou só, principalmente hoje que estava sem comunicação até a hora do almoço, eu pensei tanto…

Eu soube que você me chamou de escrota… eu não tinha ouvido. O que estava passando na sua cabeça na hora? Por que estava com tanta raiva de mim? O que eu estou te fazendo que fez ficar dessa maneira comigo?

Eu andava tão feliz com nós, já te falei isso, escrevi isso aqui, a gente tinha enfim se acertado, sem mais problemas. Só estávamos nos amando. O que aconteceu?

Eu chorei tanto lá, não entendia porque você estava me tratando daquela maneira, ainda não entendendo. Chorava porque sabia que não podia ficar assim. E todos me falaram isso também, os meus amigos e os seus. Até você disse que não me merece.

E eu… eu não consigo ver isso. Eu não consigo te ver sendo alguém que não me mereça. Eu te dei aquela chance porque esperava que você só tivesse errado e eu tenho certeza disso hoje. Mas isso… dá pra chamar de erro? Você não era você lá, não era a pessoa que me deixa tão confortável, que faz com que me sinta tão amada. Parecia um monstro pra mim, aquele cara que tanto a gente ouve, que foi pra cima da namorada, que gritava coisas absurdas para ela. Eu nunca me imaginei numa situação dessa, muito menos pensei que seria você.

Eu acho que é isso que está me tirando o sono, estou inconformada com tudo que aconteceu. Acho que estou em choque tardio, sei lá se isso existe. Eu tenho medo que você fique assim de novo, que você pare de ser quem você é, mesmo que por um minuto.

Eu estou com medo de que seja verdade, que você não mereça. Porque eu te amo demais e eu amo a gente. A maneira que me sinto deitada com você, jantando com você, fazendo graça, é única pra mim. Nunca senti isso, nunca ninguém fez com que eu me sentisse tão a vontade sendo eu, com as minhas manias e meus erros.

Não seja esse cara nunca mais.

Eu ainda acredito que tudo isso vale a pena.  Não deixa isso acabar.

Eu te amo demais.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s