S E X O

Por quê tão superestimado?
Essa história de faz de conta que com quem você transa, você se apaixona, não dá mais. E acrescento, que mesmo que você ame, não é daí que surge o sexo.
São coisas paralelas e perpendiculares ao mesmo tempo, já que não é porque o sexo é bom que você se apaixona, mas em compensação, uma má transa, pode mudar as coisas.
Engraçado como o laço, que às vezes envolve os dois, virou regra.
Quantas pessoas já não amaram alguém mas que de fato, nunca transaram com ela? Tem vezes, que nem ao menos se beijaram!
Imagino que a junção de amor&sexo deva ser incrível, mas não acho que mereça toda a atenção que recebe.

(Ou talvez, eu esteja falando besteira, já que nunca amei ninguém.)